Prefeitura de Juína

NOTÍCIAS

VER TODAS

Bibliodelivery: Iniciativa completa um ano de atividade no município

Quinta-feira, 14/10/2021 07:35
Assessoria de Imprensa/PMJ

Há pouco mais de um ano, a Biblioteca Pública Municipal Professora Maria Santana do Nascimento implantou, com a ajuda da justiça do trabalho, o Bibliodelivery que assegura a entrega de livros nas residências dos moradores da cidade seguindo os protocolos de segurança sanitária.

A principal motivação do projeto foi utilizar a leitura como uma ferramenta no gerenciamento das emoções mediante ao isolamento diante do contexto da pandemia.

E para fomentar a leitura e continuar a cumprir seu papel de Juína enquanto cidade educadora, além do delivery de livros, foi criado o Sistema Municipal de Bibliotecas de Juína – SMBJ que tem por função sistematizar a gestão das bibliotecas presentes no município e garantir a democratização de acesso à informação a toda população. O SMBJ é composto pela Biblioteca Pública Municipal Profª Maria Santana, a Biblioteca Pública Municipal Infantil Chalézinho da Leitura, oito Bibliotecas Escolares do município, uma Biblioteca Comunitária e Pontos de Leitura.

Por meio de um software inteligente, também adquirido com recursos da Justiça do Trabalho, todo o acervo é disponibilizado por meio do site https://biblioteca.sophia.com.br/terminal/9121. A Secretaria de Educação ainda revitalizou e padronizou as 8 bibliotecas escolares, criando um espaço lúdico e aconchegante que estimula a leitura.

Hoje, 14 meses depois, podemos avaliar o êxito do projeto por meio da mensuração dos resultados. Durante todo esse período foram realizadas 2032 entregas. Em agosto de 2020, primeiro mês do Bibliodelivery, foram realizados 30 empréstimos, em agosto de 2021 por sua vez, foram realizados 305 empréstimos, o que corresponde a um aumento de 1016% e demonstra a aprovação da população a iniciativa. Considerando todo o SMBJ durante o período total foram realizados 3794 empréstimos, apesar das aulas terem retornado à modalidade presencial apenas em agosto.

Tais números representam o resultado das políticas públicas construídas no município ao longo do tempo a favor do fomento a leitura - vale salientar que a primeira lei do município após sua emancipação foi exatamente a criação da Biblioteca Pública Municipal Professora Maria Santana do Nascimento -, além do apoio de instituições como a SECEL - Secretaria de Estado da Cultura, Esporte e Lazer de MT por meio do suporte técnico do Sistema Estadual de Bibliotecas, bem como da ONG Recode do Rio de Janeiro e do apoio financeiro de parceiros como a Justiça do Trabalho.

 

Redação: Alessandra Assis - Coordenadora do SMBJ

Divulgação